Videogames

Análise: Archaica: The Path of Light é um jogo para PC que bem podia ser para celular

Quando eu estava na Paris Game Week conheci o Marcin Turecki da Two Mammoths. É um estúdio polonês bem pequeno que lançou seu primeiro jogo e queria que a gente desse uma olhada. Archaica: The Path of Light é um puzzle atmosférico com lasers e espelhos, e foi desenvolvido pelo Marcin e seu irmão, Piotr.

Como sempre estamos antenados nos jogos de puzzle do mercado, os irmãos Turecki nos pediram para dar uma olhada no trabalho deles com Archaica: The Path of Light e fazer o nosso review sincero, também dando dicas de como eles poderiam melhorar.

Aqui quero compartilhar as minhas impressões e quero muito saber a opinião de vocês também!

Trama de Archaica

Existe um pouco de storytelling. Mas como se trata de um puzzle casual, você não tem um desenvolvimento ou missões a serem cumpridas.

O objetivo universal de Archaica é caminhar pela luz e salvar o mundo de um desastre iminente. Você encontra alguns artefatos misteriosos em cada tela e neles existem segredos de uma civilização alienígena.

Marcin (artes) e Piotr (programação), os dois são irmãos e fizeram o jogo sozinhos

Mecânicas

Você conta com espelhos e objetos para refletir um feixe de luz até que ele ilumine todos os cristais visíveis ao mesmo tempo. Cada um dos seis reinos que fazem parte do jogo conta com aspectos únicos. Novas mecânicas e objetos de interação são introduzidos ao longo do jogo.

A cada etapa, o jogador aprende sobre o mundo do jogo, encontrando ardósias escondidas com hieróglifos. A ideia é fazer com que o jogador explore a tela além do quebra-cabeça, principalmente nos níveis avançados. Além disso, para ativar uma dica, células específicas de energia precisam ser encontradas.

Primeira tela do jogo, onde você pode acompanhar o caminho da luz conforme passa de fase

Archaica: The Path of Light consiste em 42 níveis (mais alguns níveis secretos adicionais) contendo 65 quebra-cabeças. Esses estão divididos em 6 reinos temáticos. Você precisa só do mouse para jogar e, mesmo que o jogo esteja disponível apenas para PC, ele funcionaria muito bem em dispositivos móveis.

Essa foi uma das dicas que dei para os desenvolvedores e creio que ele gostaria muito de saber o que vocês pensam!

Comparativo com outros jogos do gênero

Jogos casuais de quebra-cabeça são mais famosos em dispositivos móveis, mas no Steam você encontra vários puzzles de diferentes tipos. É possível perceber que o gênero é bem plural e conta com jogos desde point and click até um Mahjong.

O preço está acima do que eu normalmente pagaria para um jogo desse tipo (11,99 euros), mas eu acho importante apoiar a cena indie, por isso, valeria para ver o que mais os irmãos Turecki podem oferecer. Além de valorizar o trabalhão que os dois tiveram ao fazer o jogo sozinhos.

Pensando nesse aspecto, ele ficaria dentro do mesmo cesto que o Paperama (FGD Entertaiment) e Roll The Ball (BitMango). Com o benefício de não ter a parte chata dos ads e contar com desafios mais complexos. A música e todo som do jogo dão um sentimento de serenidade, o que eu compararia com o Monument Valley (ustwo) e o Outfolded (3Sprockets).

Não tem aquela barulheira e cores do Candy Crush (King) ou Bejeweled (EA), ou seja, o público não é o mesmo, apesar dos jogos serem do mesmo gênero.

Minha impressão final foi bem positiva. O gameplay é fluído, os componentes funcionam, os sons e a música são de qualidade. Eu alteraria o contraste dos gráficos interativos, mas isso pode ser parte do balanceamento da dificuldade do jogo. Cada item que você encontra pode ser uma dica para resolver o quebra-cabeça.

Por se tratar de um jogo simples, achei o preço um pouco elevado e acredito fortemente que ele vai ser sucesso na versão mobile (que pode rolar mais cedo ou mais tarde).

Pra saber mais sobre o jogo, não deixe de dar uma olhada no site dos caras!

Archaica: The Path of LightGráficos bonitosPuzzles decentesBoa atmosferaPreçosBalanceamento entre as fasesNão ter versão mobile8InteressanteVotação do Leitor 0 Votos0.0