Tecnologia

Correção para falha de segurança em processadores da Intel pode causar problemas de performance

Uma nova falha de segurança em processadores da Intel exigirá mudanças no kernel do Windows e do Linux para não ser explorada em ataques.

Correção para falha de segurança em processadores da Intel pode causar problemas de performance

A Microsoft já está trabalhando em um patch para o Windows, que deverá ser disponibilizado na próxima semana como parte do ciclo mensal de atualizações da empresa.

No caso do Linux, a comunidade open-source também está trabalhando nas mudanças no kernel. Alguns patches já foram produzidos, mas por causa de um embargo eles ainda não podem ser publicados.

O problema é que as mudanças necessárias para impedir que a falha seja explorada podem causar problemas de performance nos PCs equipados com os processadores da Intel.

De acordo com o site The Register, a falha basicamente permite que programas utilizados normalmente ou programas maliciosos possam acessar o layout ou o conteúdo da memória do kernel, que deveria ser protegida.

A correção visa separar completamente a memória do kernel dos processos do usuário usando algo chamado Kernel Page Table Isolation ou KPTI.

Especialistas dizem que existe a chance de uma queda na performance variando de 5 a 30% após a aplicação da correção, mas isso pode variar ainda mais dependendo da geração do processador e do modelo.

Correção para falha de segurança em processadores da Intel pode causar problemas de performance

Correção para falha de segurança em processadores da Intel pode causar problemas de performance
Baboo – Tecnologia e Ciência

Os processadores da AMD não são afetados pela falha. Ela afeta apenas máquinas equipadas com processadores da Intel rodando o Windows, Linux e até mesmo o macOS.

O post do site The Register traz mais detalhes técnicos sobre o problema. Confira na íntegra aqui.

Detalhes oficiais sobre esta nova falha de segurança em processadores da Intel serão divulgados nas próximas semanas.