Saúde

Saiba como evitar a febre amarela

Vacinação em posto de saúde da capital paulista Vacinação em posto de saúde da capital paulista Rafael Abreu/Estadão Conteúdo

A vacinação é a melhor forma de se prevenir contra a febre amarela, doença infecciosa que passou a ser temida pelos moradores de São Paulo nas últimas semanas.

Veja também
  • Parques fecham e moradores abandonam exercícios
  • Fique atento: nem todo mundo deve tomar a vacina
  • Postos de saúde fecham antes e têm confusão
  • População não deve agredir macaco, pede Prefeitura
  • Parques fecham e moradores abandonam exercícios
  • Fique atento: nem todo mundo deve tomar a vacina
  • Postos de saúde fecham antes e têm confusão
  • População não deve agredir macaco, pede Prefeitura

Apesar de nenhum caso em humanos ter sido diagnosticado na capital paulista, a população da zona norte começou a ser vacinada após macacos com o vírus serem encontrados mortos em parques da região.

Embora sejam apenas portadores da doença — e não transmissores —, os primatas mortos indicam a presença do vírus na região e, consequentemente, a necessidade da imunização.

Além da vacinação, é importante também, para reduzir o risco de a febre amarela se alastrar, tomar algumas providências para evitar a presença do mosquito transmissor.

Veja abaixo recomendações sobre o que fazer para evitar a doença: