Esportes

Recuperado, Kane treina, é relacionado e deve reforçar Tottenham contra o Real

Recuperado de uma lesão muscular, o atacante Harry Kane voltou a treinar com o elenco do Tottenham nesta terça-feira e foi relacionado pelo técnico Mauricio Pochettino para o confronto diante do Real Madrid, nesta quarta, às 17h45 (de Brasília), no estádio de Wembley, em Londres, pela quarta rodada do Grupo H da Liga dos Campeões da Europa.

Artilheiro isolado do Campeonato Inglês, com oito gols, o jogador ficou fora do clássico diante do Manchester United, no último sábado, fora de casa, por causa do problema. O treinador da equipe londrina preferiu poupá-lo por causa do risco de agravar a sua lesão e nesta terça, em entrevista coletiva, admitiu a possibilidade de escalá-lo no duelo da competição continental.

"Kane está na lista de convocados para o jogo e pode ser que ele possa jogar amanhã. Ele treinou hoje, mas temos um dia a mais para ver como ele estará. O importante é que tomemos a decisão certa, tanto para o jogador como para o time. Devemos ver como ele se sentirá esta noite e amanhã", afirmou Pochettino, sem ainda confirmar a escalação de Kane como titular.

O treinador também exibiu confiança em uma vitória nesta quarta. "Essa é uma boa oportunidade e um grande desafio. Tenho a crença de que nós poderemos ganhar. Tenho fé nos meus jogadores", enfatizou o comandante.

Kane também desfalcou o Tottenham na semana passada em partida diante do West Ham, pela Copa da Liga Inglesa, por causa da lesão muscular, e seu retorno diante do Real é visto como um grande trunfo para o time poder superar o atual bicampeão europeu e assumir a liderança isolada de sua chave do maior torneio de clubes do Velho Continente.

Com sete pontos, o Tottenham divide a liderança do Grupo H com a equipe madrilenha, que está em vantagem nos critérios de desempate. Kane já acumula 13 gols em todas as competições disputadas pelo seu time nesta temporada europeia e agora espera manter a boa fase diante dos comandados de Zinedine Zidane.

Novamente à disposição para atuar, Kane havia se lesionado na goleada por 4 a 1 sobre o Liverpool, no final de semana retrasado, pelo Campeonato Inglês. Sem poder contar com o atacante, o time acabou sendo derrotado por 1 a 0 pelo Manchester United no último sábado e terminou a décima rodada da competição na terceira posição da tabela, com 20 pontos, três atrás justamente da equipe comandada por José Mourinho, vice-líder. O Manchester City é o líder, com 28.