Esportes

Negociação do Grêmio com o Cruzeiro por Edílson avança

Atacante Sassá viria por empréstimo como parte das tratativas Crédito: Lucas Uebel / Grêmio / Divulgação CP

A saída do lateral-direito Edílson do Grêmio está encaminhada, mas ainda depende do acerto de alguns pontos com o Cruzeiro. Tanto o presidente Romildo Bolzan Jr, quanto o vice Odorico Roman, reconhecem que "existe negócio", mas que nada está fechado. O atacante Sassá viria por empréstimo para o Tricolor como uma das compensações.

Edílson tem contrato com o Grêmio até metade de 2019. Quando surgiu o interesse do Cruzeiro, a informação inicial era de que a multa contratual do jogador era de R$ 3 milhões. Odorico Roman, no entanto, garante que ela supera os R$ 10 milhões. “Bem mais que isso”, disse ao ser questionado.

Titular da equipe gremista campeã da Libertadores, Edílson chegou ao Grêmio na metade do ano passado para sua segunda passagem pelo clube. Em 2007, o lateral-direito disputou 40 partidas e marcou quatro gols.