Brasil

Presidente Temer recebe alta e deixa hospital

Presidente passou por uma angioplastia na sexta Presidente passou por uma angioplastia na sexta Fátima Meira/Futura Press/Estadão Conteúdo – 23.11.2017

O presidente Michel Temer teve alta do Hospital Sírio Libanês, segundo confirmou a assessoria do hospital. Ele deixou o lugar de helicóptero e deve ir para Brasília ainda hoje, de acordo com o Palácio do Planalto.

O cardiologista Roberto Kalil Filho examinou o presidente Michel Temer no hospital, onde ele se submeteu a uma angioplastia, na noite da última sexta-feira (24). O cardiologista chegou por volta das 9h.

O boletim médico da alta diz que o presidente "pode voltar às suas atividades normais".

Ele foi acompanhado pelas equipes médicas do Prof. Dr. Roberto Kalil Filho e do Prof. Dr. Miguel Srougi.

De acordo com o último boletim médico, divulgado no domingo (26), às 11h40, ele passou bem a noite e o quadro de saúde era estável.

Temer passou pelo procedimento de desobstrução de três artérias do coração, seguido da implantação de stents em duas delas.

Apesar dessa extensão, a técnica médica não foi invasiva, ou seja, não houve a necessidade de cortes na região do tórax. Para corrigir o fluxo sanguíneo, os médicos recorreram ao uso de uma sonda colocada por meio da artéria femural, na altura da virilha.

O cardiologista Roberto Kalil Filho, médico que atende o presidente, explicou no sábado (25) que as obstruções eram revelantes e que, em duas delas, houve a necessidade de implantar stents [pequenas tubulações semelhantes a bobes de cabelo que mantêm as artérias abertas e permitem que o sangue passe normalmente].

Além desses procedimentos, os médicos fizeram uma reavaliação do tratamento da próstata, ocorrido, no último dia 27 de outubro, para a desobstrução do canal uretal, constatando que é boa a evolução.