Brasil

Marun despista sobre ministério: “Não falei com o presidente”

Marun ainda não conversou com Michel Temer Marun ainda não conversou com Michel Temer Marcelo Camargo/Agência Brasil – 28.11.2017

Carlos Marun (PMDB) conversou com a imprensa, na noite desta sexta-feira (8), após Antonio Imbassahy (PSDB) entregar ao presidente Michel Temer sua carta de demissão do cargo de ministro da Secretaria de Governo. O presidente aceitou a solicitação.

“Não, não falei com o presidente hoje. Não falei. O presidente está em São Paulo. Falei ontem com ele. Falamos sobre a Reforma da Previdência. Meu assunto com o presidente tem sido a Reforma da Previdência”, despitou Marun.

Ainda de acordo com ele, a Previdência é assunto prioritário. “Estamos trabalhando com essa meta realista de termos que conquistar, até dia 18, número suficiente para termos tranquilidade de colocar em votação essa pauta que é importante”.

Questionado novamente se teria recebido convite para assumir a pasta deixada por Imbassahy, o deputado federal voltou a despistar e ainda elogiou o trabalho do colega.

“Ainda não fui convidado oficialmente pelo presidente. Até porque, obviamente, o presidente só faria qualquer convite a partir do momento em que estivesse definida a outra situação. O presidente não seria indelicado em efetuar um convite para um ministro que merece todo o apreço, de uma lealdade extrema e de uma competência como o Imbassahy. O presidente não cometeria uma indelicadeza de fazer qualquer convite anterior a isso.”

Vale lembrar que em novembro deste ano, Michel Temer cedeu à pressão dos parlamentares e manteve Imbassahy na pasta.

À época, o Planalto fez um post no Twitter oficial em que anunciava a posse conjunta de Marun (Secretaria de Governo) e Alexandre Baldy (Cidades). O tweet, no entanto, foi apagado em seguida.

Por meio de nota, a assessoria informou que "o perfil do Planalto no Twitter publicou de maneira equivocada que o deputado Carlos Marun tomaria posse hoje na Secretaria de Governo".

Marun, por sua vez, enviou uma nota à imprensa para falar que o convite ainda não tinha sido oficializado.